Como trocar tomadas

Processed with VSCO with p4 preset

De leigo para leigo, aqui vai um tutorial sobre como trocar tomadas unitárias por tomadas duplas, usando conexão do tipo jump. Esta postagem foi motivada pelo “mimimi” e pelas confusões que aconteceram quando postei, em meu perfil no Facebook, uma foto de algumas tomadas que eu tinha preparado para fazer a troca. :P Não tenho profundos conhecimentos em elétrica, mas li muito e assisti a muitos tutoriais disponíveis no YouTube – vou, inclusive, recomendar alguns vídeos bastante didáticos e com técnicas impecáveis ao longo desta publicação.

Mexer com eletricidade é, sim, BASTANTE PERIGOSO, quando você não toma os devidos cuidados, por isso é importante estar ciente de que imprudência, imperícia e negligência precisam ficar de fora de atividades assim, porque você põe em risco não só a rede elétrica da sua residência ou do seu estabelecimento, mas também a sua vida e a vida dos seus eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos. Só que, como diz o lema da série Patrulha Canina, “nenhum trabalho é tão grande, nenhum cachorro é tão pequeno”, então, se eu consigo, você também consegue, não é mesmo? :)

ATENÇÃO! PARA REALIZAR QUAISQUER REPAROS EM SUA REDE ELÉTRICA, DESLIGUE O DISJUNTOR/CHAVE GERAL NO SEU QUADRO DE LUZ.

Então vamos lá.

Este meu tutorial é todo baseado neste vídeo do canal Mundo da elétrica, que já sigo há algum tempo.

Meu pai era o louco das tomadas e lembro que, quando fizemos uma reforma grande na casa em que cresci, ele saiu colocando tomadas em tudo quanto era lugar, porque não era defensor de extensão nem T (ou benjamin), exceto em casos extremamente necessários. Isso fez com que eu estranhasse lugares com poucas tomadas, ou com ausência de tomadas em lugares fundamentais, ou apenas com tomadas unitárias, porque lá em casa as tomadas eram quase sempre duplas, triplas ou quádruplas. :)

Mas, deixando o “conversê” de lado, o passo a passo que segue pode ser aplicado tanto para quem quer trocar tomadas do padrão antigo para o novo quanto para quem já tem uma tomada do novo padrão, mas quer trocar tomadas unitárias por tomadas duplas. No caso do meu apartamento, que NÃO TEM ATERRAMENTO, usarei apenas dois cabos (fase e neutro), mas a lógica para as tomadas com aterramento é a mesma.

Para isso, você vai precisar de:

  • alicate: para cortar os cabos, mas pode ser uma boa tesoura;
  • chave Philips (ou de fenda, dependendo do tipo do parafuso da tomada): para (des)atarraxar os parafusos;
  • chave-teste: para verificar a passagem de corrente e identificar o cabo fase;
  • estilete (ou decapador de fio): para decapar os cabos;
  • tomada dupla;
  • cabos flexíveis: o padrão ABNT sugere usar cabo azul para o neutro; quanto à espessura do cabo, estou usando cabos de 2,5mm² (explicarei mais adiante sobre a espessura dos cabos).
Processed with VSCO with p4 preset

Materiais necessários para trocar as tomadas.

Antes de prosseguirmos com o passo a passo, aqui são necessárias algumas explicações.

1. DESLIGUE O DISJUNTOR/CHAVE GERAL NO SEU QUADRO DE LUZ.

Essa medida é FUNDAMENTAL para a sua segurança. Isso faz com que a passagem da corrente elétrica seja interrompida, evitando choques. No meu apartamento, o quadro de luz não tinha quaisquer indicações, então tive que testar tudo com um eletricista assim que me mudei. Como sou medrosa (sim, sou medrosa!), não desligo apenas a chave geral, mas TODOS OS DISJUNTORES, porque “seguro morreu de velho”, como diz minha mãe. A rigor, você pode desligar somente os disjuntores das áreas em que você vai mexer, mas desligar a chave geral é, sem dúvida, a opção mais segura.

2. Por que as cores dos cabos são importantes?

A diferenciação por cores numa rede elétrica não é essencial, mas é bem importante, porque serve como segurança na hora de realizar quaisquer reparos. A norma da ABNT que determina essas cores sugere a cor azul para o cabo neutro, mas, se não me engano, não há determinação para o fase e para o terra; no entanto, é comum ver a vermelha para o cabo fase, isto é, o cabo por onde passa a corrente elétrica, e verde para o terra.

3. Existe lugar certo para posicionar cada cabo?

Segundo este vídeo do canal Mundo da Elétrica, a ABNT determina que o CABO NEUTRO deve sempre estar À ESQUERDA. Assim sendo, quando você olha para uma tomada na parede, a ordem dos cabos/pinos deve ser: neutro – terra – fase.

4. Minha tomada não tem aterramento. E aí?

Grande parte das residências não possui aterramento, mas não há problema. Segundo o que eu li, o aterramento é uma espécie de recurso para dissipar o excesso de corrente e evitar sobrecarga nos aparelhos que necessitam de energia elétrica. Em casos em que há aterramento, os riscos de queima dos aparelhos é reduzido, mas isso não é fundamental.

5. Minha casa/meu apartamento não possui diferenciação por cores. Como devo proceder?

Aqui em São Paulo, meu apartamento é alugado e a rede elétrica foi precariamente organizada. Em boa parte das tomadas, os cabos possuem a mesma cor, o que faz necessário identificar os cabos fase e neutro. A detecção de cada um deles se faz com uma chave-teste, ferramenta que se assemelha a uma chave de fenda, mas que possui um pequeno circuito elétrico com uma lâmpada, que se acende quando a ponta da chave encosta no cabo fase. Se a sua rede elétrica não possui essa diferenciação, sugiro que você coloque uma voltinha de fita isolante ao redor do cabo fase, para identificá-lo em trabalhos/reparos futuros. Se você quiser, existem no mercado fitas isolantes coloridas, de diversas marcas, o que pode ser uma boa opção didática e segura para você fazer a identificação dos seus cabos. Sei que as marcas Tigre e 3M disponibilizam essa variedade além da preta tradicional.

6. O que é essa conexão do tipo jump?

Jump é uma palavra da língua inglesa que significa salto, pulo. Nesse caso, o que a conexão do tipo jump faz nas tomadas é proporcionar “um salto” da corrente de um módulo a outro. A corrente chega a uma tomada por um cabo (aquele que vem da parede) e é conduzida à outra por um pequeno cabo jumper, isto é, um “cabo saltador”.

7. Qual a espessura do cabo flexível?

Para responder essa pergunta, sugiro assistir ao vídeo Como dimensionar cabos elétricos residenciais, do canal Mundo da Elétrica, em que o professor explica que o critério mínimo para circuitos de tomada (de força) é de 2,5mm². Um ex-colega de trabalho me explicou, no Facebook, que esse dimensionamento tem a ver também com a tensão (127V ou 220V), porque a espessura do cabeamento está relacionada à dissipação do calor, isto é, à resistência. Não vou complicar com termos físicos muito específicos, por isso sugiro assistir ao vídeo e, na hora de comprar o cabeamento, informar ao vendedor a finalidade, para que ele possa lhe orientar.

 

PASSO A PASSO | Montando as conexões

1. Corte os cabos em pedaços de aproximadamente 15cm.

Processed with VSCO with p4 preset

2. Usando um estilete, alicate ou decapador de fios, decape cerca de 2cm em cada extremidade dos cabos.

Decape 2cm

3. Torça bem essas extremidades, de maneira que os cabos fiquem com os fiozinhos de cobre assim, porque isso dará uniformidade aos fios que compõem o cabo:

Processed with VSCO with p4 preset

*Importante: estou usando as tomadas modulares da marca Steck e essas medidas foram as que considerei ideais. Decapei menos alguns cabos jumpers e eles ficaram escapando, por isso você deve verificar essa medida de acordo com a tomada que irá utilizar, ok?

4. Atrás da sua tomada, você verificará alguns buraquinhos onde os cabos deverão ser encaixados. Observando com carinho, você verá que há, sobre esses buracos, a indicação de qual cabo deverá entrar em cada um:

 

5. Coloque o cabo fase em um dos buraquinhos e aperte o parafuso, para que o cabo fique bem preso e possa fazer o devido contato com as partes metálicas internas, de maneira que a corrente possa ser transferida.

 

6. Conecte a outra extremidade do cabo no buraquinho oposto e repita o processo de apertar o parafuso. Faça isso também com o cabo neutro e com o terra, se for o caso de a sua rede elétrica possuir aterramento.

 

*A ordem da colocação dos cabos é indiferente, mas é importante que cada cabo esteja em seu respectivo lugar, conforme explicado anteriormente.

Feito isso, você terá uma tomada dupla devidamente “jumpeada”, pronta para ser conectada à sua caixa na parede. ;)

Processed with VSCO with e6 preset

 

PASSO A PASSO | CUIDADO | Colocando a tomada na parede

Para as próximas etapas, o cuidado deve ser redobrado!

  • Utilize calçado emborrachado!
  • Certifique-se de que suas mãos e seus pés estejam secos, assim como as ferramentas e as áreas envolvidas.

 

1. Retire o espelho da tomada e desatarraxe-a da parede.

 

2. Identifique o cabo fase usando a chave-teste.

*ATENÇÃO: quando desatarraxei minha tomada, o cabo verde soltou espontaneamente, o que significa que o eletricista não fez um bom serviço. Quando encostei a chave-teste nele, percebi que era o neutro. Fui até o quadro de luz, DESLIGUEI A CHAVE GERAL E OS DEMAIS DISJUNTORES, desatarraxei o cabo amarelo (foto demonstrativa adiante) e, assim, tornei a ligar o quadro geral para verificar que o amarelo era mesmo o cabo fase.

No caso dessa minha tomada, os cabos são verde e amarelo, sendo o amarelo o cabo FASE, isto é, o cabo por onde chega a corrente.

Processed with VSCO with p4 preset

*Importante: a minha chave-teste é do tipo neon, da marca Stanley (da Black & Decker), e funciona quando eu pressiono não o topo da chave, mas o “clipe” que é parecido com o das canetas.

Identificado o cabo fase, marquei-o com uma fita isolante, apenas para, no futuro, saber quem é quem, sem precisar ter uma chave-teste à mão. Obsrvação: esse “nó cego” no cabo não fui eu que fiz, mas, depois dessa foto, torci um pouco mais, para que os fiozinhos de cobre não se dispersassem quando eu os encaixasse na nova tomada.

3. Desligue a chave geral no seu quadro de luz.

*No meu caso, eu já havia desligado e religado, devido à soltura espontânea do cabo verde, então desliguei novamente.

Meu quadro de luz é extremamente precário, como se pode ver, por isso prefiro desligar todos os disjuntores.

4. Utilizando a chave teste, verifique se ainda há corrente, para poder seguir adiante.

5. Inexistindo passagem de corrente elétrica, desatarraxe os cabos da tomada antiga e conecte-os à nova tomada da seguinte maneira: o cabo fase que sai da sua parede deverá ser conectado à sua nova tomada no buraquinho paralelo ao que você usou para o jumper fase, assim como o cabo neutro deverá ser conectado ao buraquinho paralelo do jumper neutro que você conectou (o mesmo vale para o terra, se sua rede elétrica possuir aterramento).

Cabo da tomada antiga (unitária) sendo desatarraxado, para a montagem da nova tomada (dupla).

Simulação da conexão da tomada na parede.

*Note o que acontece com a corrente elétrica: ela entrará para a sua tomada por meio desse cabo fase (vermelho) que vem da parede. Nessa caixinha em que ele está inserido, ele se comunica com o pedacinho de cabo jumper, que, por sua vez, se encarrega de propagar a corrente para a tomada superior. :)

A distribuição da corrente elétrica utilizando cabos jumpers.

Aqui, o cabo fase que sai da parede é o AMARELO e usei o jumper VERMELHO, para manter o padrão da ABNT. Os neutros são o verde (parede) e o azul (jumper).

Como vocês podem ver, os cabos que vêm da parede entram nos buraquinhos paralelos, como mostrei em foto adaptada anteriormente.

Feito tudo isso, é só reencaixar a tomada com cuidado, atarraxar e colocar o novo espelho. Daí é só religar a chave geral (e os demais disjuntores, se você tiver feito como eu, que desliguei TUDO) e testar a sua tomada. Tenho certeza de que, se você fez tudo direitinho como no passo a passo, não haverá quaisquer problemas! :) Mas, se você não se sente seguro para realizar essa troca, é melhor mesmo chamar alguém para fazer isso por você.

 

Se eu tivesse como, teria feito um tutorial em vídeo, mas sei que não faria melhor que este do canal Mundo da Elétrica (abaixo), então sintam-se à vontade para assistir quantas vezes quiserem, até se sentirem confortáveis e confiantes. :)

 

 

SUGESTÕES DE OUTROS VÍDEOS NO YOUTUBE

Canal Mundo da Elétrica

tomada005

Fonte: Google Imagens (adaptada), extraída do vídeo do canal Mundo da Elétrica sobre fios jumpers desencapados.

 

Canal Engehall Cursos

Canal do Fernando Wohl

Canal do Donizette Silva

* Esse vídeo do Donizette é bem importante para compreender o possível cruzamento dos cabos jumpers nas tomadas em que você optar por alternar a posição dos módulos, isto é, quando você optar por colocar o pino central de uma tomada para cima e, da outra, para baixo, conforme a imagem a seguir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s